Carros Tesla já possuem aplicativo para o Google Glass

Os donos dos carros elétricos da Tesla já podem testar o primeiro aplicativo automotivo para o Google Glass. Desenvolvido pelo programador Sahas Katta, o aplicativo foi feito através de engenharia reversa no aplicativo oficial da Tesla para Android e permite o controle de algumas funções básicas do carro. 

Apesar do aplicativo (e do Google Glass) estarem em fase beta, o seu funcionamento já mostra o que o gadget da Google pode fazer pelo mundo automotivo. O app permite ver quanto de carga ainda resta e o status do carregamento, iniciar e parar remotamente o carregamento e abrir a porta do compartimento de carga. Travar e destravar as portas, além do acionamento de buzinas e lanternas também são funções inclusas no aplicativo. 

tumblr_inline_mpq99iCHlk1qz4rgp.jpg

O app também possui interessantes funções de personalização do carro. Através do Glass, o motorista pode ver as temperaturas interna e externa e controlá-las, sem mesmo estar no carro. Através de um sistema de auto-climate, o carro pode começar a aquecer ou refrescar assim que sente que o seu dono está próximo, já que o aplicativo usa o GPS do Glass em conjunto com o GPS do carro. Essa integração entre os sistemas de localização é particularmente útil na hora de achar o Tesla em um grande estacionamento ou em áreas muito cheias. 

Katta já possui planos de expandir as capacidades do aplicativo, com comandos de voz para abrir e fechar portas, notificações em tempo real sobre diversas condições do carro e até mesmo um display especial que funcionaria como um pequeno painel de instrumentos, diretamente na tela do Google Glass. 

O aplicativo para os carros Tesla é um dos primeiros a começar a destravar o potencial do Glass para melhorias significativas no dia-a-dia através da automatização de tarefas rotineiras. Também é um forte indício da próxima onda de automatização e integração com a internet de automóveis. 

Confira também as matérias da ONoffRE sobre como os aplicativos do Google Glass podem mudar nosso cotidiano e sobre carros que se dirigem sozinhos.