Nova York quer instalar “orelhões do futuro”

Projetos querem instalar telefones públicos inteligentes na cidade

tumblr_inline_mrhl3xBwGc1qz4rgp.jpg

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, iniciou no começo do ano um concurso para reinventar todos os orelhões de Manhattan. O Reinvent Payphones Design Challenge desafiou arquiteos, urbanistas, designers e inovadores de diversas áreas a imaginarem um novo uso para os mais de 11 mil telefones públicos da maior cidade dos Estados Unidos. 

Dois projetos já foram selecionados e ambos pretendem criar experiências únicas para os telefones públicos, que caíram no desuso com a ascensão dos celulares e smartphones. Conheça os detalhes de cada um abaixo:

NYFi

tumblr_inline_mrhl3eXUMH1qz4rgp.jpg

O projeto pretende substituir os telefones públicos por totens interativos com telas touchscreen. O novo orelhão funcionaria como um hub para disponibilizar wi-fi gratuito e teria dois modelos: um para áreas maiores e comerciais e outro para áreas residenciais, menor. O primeiro mostrará anúncios publicitários quando não estiver em uso e ofereceria detalhes dos serviços oferecidos na região. Já os totens para as áreas mais calmas de Nova York funcionariam como pequenos guias turísticos, mostrando pontos de interesse da região. Ambos também teriam outras funções embutidas, como compras de MetroCards e bilhetes de ônibus, localizações de estações de bicicleta.

Os totens do NYFi foram projetados ainda para funcionarem com uma estrutura de software e hardware aberto, que podem ser constantemente atualizados de acordo com as necessidades específicas de uma região. 

NYCI/O: The Responsive City

tumblr_inline_mrhl4t55Yq1qz4rgp.jpg

O segundo projeto ganhador pretende ir ainda mais longe do que o NYFi, criando uma rede de telas inteligentes espalhadas pela cidade. Através de sensores e telas touchscreen curvas, os telefones públicos possa checar diversas informações sobre a cidade, além de pagar bilhetes de transporte, checar vagas em estacionamento e estações de bicicleta, fazer buscas na internet, checar notícias. O orelhão vira uma grande central de informações em tempo real e que podem ser sincronizadas com o celular do usuário. 

O NYCI/O também promete um sistema aberto, com aplicativos e atualizações constantes. Confira a ideia do sistema no vídeo abaixo:

O Mais interessante das duas ideias é fornecer um novo uso para um objeto que já virou praticamente uma relíquia urbana. Os dois projetos pretendem “reconectar” o nova-iorquino com sua cidade, fornecendo alternativas interessantes e que possam ser incorporadas à vida das pessoas de uma forma efetiva, não sendo apenas mais uma “solução para uma emergência”. A ideia de uma “cidade responsiva”, que se conecta diretamente com seus habitantes também é muito interessante, extrapolando a esfera doméstica com a qual estamos habituados a lidar quando o assunto é tecnologia. 

O que você acharia de telefones públicos assim na sua cidade?